quinta-feira, 1 de outubro de 2009

INCONTÁVEIS DIAS DE PENSAMENTOS

Podemos incontáveis horas do dia,observar o dia, Sim é possível respirar mais feliz para ter sentido um pouco desta bagunça que transita em nossa cabeça.Podemos mais uma noite, respirar o ar puro ou carregado de impurezas das coisas do tempo,que carregamos no vento sobre os ombros cansados de pensamentos.

Sim podemos.Transpirar coisas boas e viver na ignorância dos dias iguais,Podemos transitar  pela noite sem dia e seguir a curva tortuosa dos belos sonhos, Sim podemos ser deuses e não ser porra nenhuma, nestes dias sem cor, ou nestas cores sem dia.

Sim podemos, nos perder na noite enevoada de soluços abstratos, que ocupam meu pesadelo obscuro e meu cansaço momentâneo que transpira pensamentos sobre o nada que é tudo quando se esta vivo para ver e ouvir o assovio do vento na curva do tempo.

Sim podemos ter incontáveis pensamentos para conduzir nossa jornada na estrada do tempo,embrulhando o próprio tempo nesta cena de ilusões, para ter sentido os dias sem cores, e as cores da noite que embrutecem nossa memória

Sim é possível se jogar de novo no vazio para que a perna crie força, e os braços se alinhem para o alcance de uma nova jornada que se inicia todos os incontáveis segundos, das horas dos dias que começamos.sim por que é possível começar sempre os incontáveis dias de pensamentos.

Reginaldo Nascimento
02/06/2009.

Um comentário:

producaoemcena disse...

Olá Meu Amigo que a Tempos não vejo! Parabéns!!!

Sim Podemos!!!

bj bj
julio saggin